sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Arroz doce ... a vencedora cá de casa


Olá a todos ...
Depois de uma longa pausa aqui no blog (em parte por falta de motivação, infelizmente), aqui estou eu de volta e trago comigo um doce bem português, que se come em qualquer altura do ano. E se este doce não é algo que adore (sou mais de aletria), a verdade é que ando sempre à procura da receita perfeita (comigo é a saga do arroz-doce, do bolo de chocolate, da tarte de maçã, ...), ou seja, aquela receita que me encha as "medidas" e que me faça querer comer sem parar. E se já existem muitas tentativas aqui no blog, hoje trago-vos mais uma mas que ficou deliciosa e super cremosa. Não sei se foi o desejo por doces ou a fome mas a verdade é que este arroz-doce desapareceu muito rápido e a verdade é que eu tive de fugir literalmente da cozinha para me esquecer dele e parar por momentos de o comer. Não sei se encontrei a receita perfeita mas se não é, estou quase, quase lá ... experimentem e vejam lá se não tenho razão. 


Ingredientes:
- 200g de arroz arbóreo (ou carolino)
- casca de 1 limão
- 1 pau de canela
- 1 pitada de sal
- água qb
- 1 litro de leite (meio gordo de preferência)
- 4 gemas
- 120g de açúcar amarelo (podem aumentar se gostarem do arroz-doce bem docinho)
- 1 pudim chinês ( o famoso pudim mandarim)
- 1 colher (sopa) de amido de milho

Preparação na Yammi:
Misture em 100ml de leite o pudim, o amido de milho e as gemas. Envolva bem e reserve.
Coloque a lâmina de mistura na Yammi. Verta no copo 900ml de água, as cascas de limão (reserve 1/4 da quantidade) e uma pitada de sal. Coloque o cesto e deite aí o arroz e o pau de canela. Programe 17 minutos na temperatura 100º, velocidade 2 (eu gosto do arroz bem cozido, se gostar dele mais crocante, programe apenas 14 minutos). Quando terminar a cozedura, retire o cesto e rejeite a água.
Volte a montar o copo, coloque o arroz com o pau de canela, as cascas de limão reservadas, os 900ml de leite e o açúcar. Programe 17 minutos, temperatura 100º, velocidade 1. Quando faltar 12 minutos para terminar, verta pelo bucal, a mistura de leite reservada e deixe acabar de cozinhar. 
Quando estiver pronto (vai ficar com um pouco de líquido), verta para uma travessa funda e deixe arrefecer. Decore com canela e sirva.

Preparação tradicional:
Misture em 100ml de leite o pudim, o amido de milho e as gemas. Envolva bem e reserve.
Leve ao lume um tacho com o arroz, cerca de 3 medidas (do arroz) de água, as cascas de limão, o pau de canela e uma pitada de sal. Deixe cozinhar até que o arroz coza bem. 
Quando o arroz estiver no ponto de cozedura pretendido, acrescente os 900ml de leite e o açúcar. Vá mexendo de vez em quando para não pegar ao fundo do tacho e quando o leite começar a evaporar, acrescente em fio a mistura de leite reservada e deixe acabar de cozinhar. 
Quando estiver pronto (vai ficar com um pouco de líquido), verta para uma travessa funda e deixe arrefecer. Decore com canela e sirva.


quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Bolo mármore ... vindo da Roménia até nós


Eu sou uma gulosa assumida, gosto de tudo um pouco mas são os bolos caseiros, daqueles bem simples para se comer ao lanche ou pequeno-almoço, que me fazem mais suspirar. E de todos os bolos que existem, são sempre os de chocolate que me deixam mais feliz, especialmente se tiverem aquele gostinho amargo típico do cacau. 
Isto para dizer que quando vi este bolo num dos livros cá de casa, fiquei logo com vontade de o testar. Não porque fosse um bolo diferente mas sim por ser um bolo tão conhecido dos portugueses (quem não conhece o bolo mármore da nossa infância). E o mais engraçado é que o autor da receita, romeno da Transilvânia, também diz ser o seu bolo da infância, o que me leva a pensar que na realidade vivemos mesmo num mundo pequeno, cheio de culturas diferentes mas com tanto em comum entre elas.


Ingredientes:
- 5 ovos
- 200g de farinha com fermento
- 150g de açúcar amarelo
- 1 colher (chá) de açúcar baunilhado
- 2 colheres (sopa) de cacau em pó
- 4 colheres (sopa) de óleo
- 3 colheres (sopa) de leite

Separe as gemas das claras. Bata as claras em castelo e quando estiverem firmes, junte gradualmente os açúcares até obter um merengue brilhante. 
Misture as gemas com o óleo e o leite. Com uma espátula envolva esta mistura delicadamente no merengue até obter um preparado fofo. Por fim, envolva a farinha peneirada com cuidado. Divida o preparado em duas partes iguais e a uma delas junte o cacau. 
Prepare uma forma de bolo inglês, untando com manteiga e polvilhando com farinha. Verta a massa branca e por cima dessa coloque a massa escura. Se quiser mexa ligeiramente com um palito para que as massas se misturem um pouco (eu não fiz).  Leve a assar no forno pré-aquecido a 180ºC durante 40 a 45 minutos (faça o teste do palito para confirmar). Desenforme e decore com açúcar em pó depois de frio, se quiser.



segunda-feira, 31 de julho de 2017

Pescada estufada com batata doce frita


Estamos no verão, para muitos já o período de férias, mas também o começo de uma semana de trabalho para outros. Mas para todos uma altura de refeições leves, rápidas e com o mínimo de trabalho. Por isso, a receita que vos trago hoje é uma das que mais gostei nos últimos tempos e com a vantagem de ter umas batatas fritas bem mais saudáveis (fritas numa fritadeira airfryer) mas bastante saborosas e crocantes como gosto. 


PESCADA ESTUFADA COM BATATA DOCE FRITA

Ingredientes:
- batata doce
- sal
- tomilho seco
- pimentão doce fumado

Para o peixe:
- tranches de pescada (ou outro peixe)
- sal e pimenta
- alho picado
- cebola laminada
- alho francês em rodelas
- folha de louro
- tomate maduro picado
- pimento em tiras
- vinho branco 

Para as batatas (usei de polpa branca), descasque-as e corte em rodelas (com cerca de 0,5cm). Tempere com sal, pimentão doce fumado, tomilho seco e envolva-as numa colher de óleo. Frite numa fritadeira airfryer (virando-as a meio da cozedura para dourarem por igual) ou se não tiver, leve ao forno a 200º, virando-as até dourarem a gosto.

Para o peixe, tempere uns tranches de pescada com sal. Faça um refogado com cebola laminada, alho picado, folha de louro e um fio de azeite. Quando a cebola ficar translúcida, junte alho francês em rodelas, tomate picado e pimento em tiras. Regue com um pouco de vinho branco, tempere de sal e pimenta e deixe refogar cerca de 5 minutos. Acrescente o peixe e um pouco de água, deixe cozinhar, virando-o de vez em quando. Sirva o peixe com as batatas fritas.



terça-feira, 25 de julho de 2017

Ovos especiais / Special eggs


scroll down for english recipe

OVOS ESPECIAIS

Ovos e tomates são dois ingredientes que associo logo ao verão quando conjugados e quando vi esta receita no blog As receitas da Piteca, fiquei logo com vontade de os testar. E como este foi o blog escolhido do mês de Julho do “Cantinho das cozinheiras”, lá estava o pretexto para os fazer, substituindo apenas alguns ingredientes. Aqui fica a minha participação, em tom de refeição fresca ou petisco, caso substituam as batatas por pão torrado. Apenas posso dizer que estes ovos irão ser feitos mais vezes, de tão bons que são.


Ingredientes:
- 6 ovos
- 2 tomates maduros
- 4 dentes de alho
- 1 folha de louro
- ½ chouriço mouro
- ½ pimento verde
- azeite
- sal e pimenta
- salsa fresca picada
- batatas pequenas para cozer

Comece por cozer as batatas com a casca em água temperada com sal. No fim do cozimento, escorra e dê um murro.
Aqueça um pouco de azeite num tacho com dois dentes de alho cortados em rodelas. Quando o alho alourar, retire-o e regue as batatas com o azeite.
Corte o pimento em cubos, limpe o tomate de pele e sementes e corte em cubos, pique o alho e corte o chouriço em rodelas e depois em meias luas.
Para os ovos, leve ao lume uma frigideira com um fio de azeite, o louro e os restantes alhos picados. Quando o alho começar a alourar, acrescente o tomate, o pimento e o chouriço. Deixe refogar e tempere com sal e pimenta. Baixe o lume e acrescente os ovos batidos, envolvendo delicadamente. Polvilhe com salsa picada e sirva com as batatas a murro e uma salada, se gostar.

english recipe

SPECIAL EGGS


Ingredients:
- 6 eggs
- 2 ripe tomatoes
- 4 garlic cloves
- 1 bay leaf
- ½ chouriço
- ½ green pepper
- olive oil
- salt and pepper
- chopped fresh parsley
- small baking potatoes

Begin by boiling the potatoes with the peel in salt water. At the end of cooking, drain and punch.
Heat a little olive oil in a saucepan with two garlic cloves cut into slices. When the garlic is brown, remove it and drizzle the potatoes with the olive oil.
Cut the green pepper into cubes, wipe the tomatoes from skin and seeds and cut into cubes, chop the garlic and cut the chouriço into slices and then into half moons.
For the eggs, bring to the fire a frying pan with a string of olive oil, the bay leaf and the remaining chopped garlic. When the garlic begins to brown, add the tomato, the green pepper and the chouriço. Bring to a boil and season with salt and pepper. Lower the heat and add the beaten eggs, mix gently. Sprinkle with chopped parsley and serve with potatoes and a salad if you like.

segunda-feira, 24 de julho de 2017

Linguini al nero com ameijoas e peixe / Linguini al nero with clams and fish


scroll down for english recipe

LINGUINI AL NERO COM AMEIJOAS E PEIXE

Como sabem, peixe não é uma das minhas perdições mas volta e meia tento arranjar formas de o comer. A sugestão que vos deixo hoje aqui foi inspirada numa receita da Clarinha e adaptada aos ingredientes que tinha cá em casa, numa tentativa de a tornar mais saudável. Uma forma diferente de se comer peixe e que me agradou bastante, feita um pouco a olho e ao nosso gosto, espero que gostem também.


Ingredientes:
- linguini al nero
- ameijoas
- tranches de pescada
- vinho branco
- iogurte grego natural (sem açúcar)
- cebola picada
- um fio de azeite
- pimentão doce, sal e pimenta
- uma pitada de caril em pó
- sumo e raspa de limão
- cebolinho fresco picado

Descongele o peixe e tempere com o sumo e raspa de limão, sal, pimenta e pimentão doce. Deixe marinar cerca de 30 minutos para ganhar gosto. Coza a massa em água temperada com sal até ficar cozida “al dente”.
Aqueça um fio de azeite numa frigideira e aloure o peixe de ambos os lados. Retire e reserve.
Na mesma frigideira, refogue a cebola até esta ficar translúcida. Refresque com um pouco de vinho branco e tempere com sal, pimenta, uma pitada de caril e de pimentão doce.. Acrescente as ameijoas e deixe cozinhar até estas abrirem. Nessa altura, junte novamente o peixe e acrescente o iogurte grego, mexa com cuidado e rectifique os temperos, se necessário. Deixe refogar mais 5 minutos, polvilhe com cebolinho picado  e sirva de seguida, com a massa.

english recipe

LINGUINI AL NERO WITH CLAMS AND FISH


Ingredients:
- linguini al nero
- clams
- fish
- white wine
- natural Greek yoghurt (without sugar)
- chopped onion
- one strand of olive oil
- sweet pepper, salt and pepper
- a pinch of curry powder
- juice and lemon zest
- chopped fresh chives

Thaw the fish and season with the juice and zest of lemon, salt, pepper and sweet pepper. Let marinate about 30 minutes to gain taste. Cook the pasta in salt-water until cooked "al dente".
Heat a wire of olive oil in a frying pan and stir the fish on both sides. Remove and set aside.
In the same frying pan, sauté the onion until it is translucent. Cool with a little white wine and season with salt, pepper, a pinch of curry and sweet pepper. Add the clams and cook until they open. At that time, add the fish again and add the Greek yogurt, stir gently and rectify the seasoning if necessary. Let it cook another 5 minutes, sprinkle with chopped chives and then serve with the pasta.


quinta-feira, 20 de julho de 2017

Mini Baked Alaska


scroll down for english version

MINI BAKED ALASKA

Sabem o que adoro, colocar uma sobremesa na mesa e ouvir: “ Que bonito, o que é? ”. É este o sentimento que um Baked Alaska deixa em quem o vê e depois de provarem, todos ficam rendidos, garanto.  
E como esta sobremesa foi a proposta da 18ª edição do Sweet World, não podia ficar mais satisfeita.
Mas para quem não conhece o Baked Alaska, esta é uma sobremesa criada em 1867 por Charles Ranhofer, chefe do famoso restaurante Delmonico’s em Nova Iorque. Segundo consta a história, foi criada para celebrar a compra do Alaska pelos americanos aos russos. Embora pareça algo muito complicado, esta sobremesa não é mais do que uma base de bolo, coberta por gelado e finalizada com merengue posteriormente dourado no forno.
Se como eu, gostam de experimentar novas receitas, experimentem como eu esta sobremesa deliciosa que embora possa parecer complicada, faz-se num instante. Espero que gostem e quem sabe, experimentem já este fim-de-semana.


Ingredientes da base:
- 2 ovos
- 60g de açúcar
- 70g de farinha com fermento
- 2 colheres (sopa) de leite
- raspa de ½ limão

Ingredientes do recheio:
- gelado à escolha (usei este caseiro de ameixa)

Ingredientes da cobertura:
- 2 claras
- 4 colheres (sopa) de açúcar

Para a base, bata as claras em castelo e depois de "levantarem", vá juntando aos poucos o açúcar até obter um merengue firme. Sempre a bater, junte as gemas, uma a uma, e o leite. Por fim, envolva delicadamente a farinha peneirada. Verta para forminhas de queque previamente untadas e polvilhadas (um pouco de massa em cada forma, apenas para formar as bases da sobremesa) e leve ao forno pré-aquecido a 180º. Cuidado que coze rápido. Retire do forno, desenforme e deixe arrefecer.

Para a cobertura, bata as claras e quando estiverem firmes, acrescente aos poucos o açúcar até obter um merengue brilhante.

Montagem:
Forre formas de queques com película aderente. Coloque uma camada generosa de gelado e por cima uma rodela de bolo. Desenforme e cubra com o merengue. Com um maçarico de cozinha, doure ligeiramente e sirva de seguida. Faça o mesmo para os restantes discos de massa.

Nota importante: podem substituir o bolo da receita por fatias de bolo que tenham em casa (eu tenho sempre umas fatias guardadas no congelador para estas receitas), o gelado podem usar de compra para ser mais simples e combinar vários sabores. 
Na receita original, o dourado do merengue é feito com o grill do forno mas como estava bastante calor e estava com medo de ter uma sobremesa derretida, optei pelo uso do maçarico de cozinha para conseguir o tom dourado. 

english recipe

MINI BAKED ALASKA


Ingredients for the base:
- 2 eggs
- 60g of sugar
- 70g of baking flour
- 2 tbsp milk
- lemon zest

Ingredients of filling:
- ice cream to choose (I used this homemade plum ice cream)

Ingredients for the topping:
- 2 egg whites
- 4 tbsp of sugar

For the base, beat the egg whites and after "rising", gradually add the sugar until obtaining a firm meringue. Always beating, add the egg yolks, one by one, and the milk. Finally, gently mix the flour. Pour into previously greased and sprinkled muffin cups (a little dough in each shape, just to form the dessert bases) and bring to the oven preheated to 180ºC. Beware that it bakes fast. Remove from the oven, unmold and allow to cool.

For the topping, beat the egg whites and when they are firm, gradually add the sugar until a bright meringue.

Assembly: 
Line up cupcake shapes with sticky film. Put a generous layer of ice cream on top and a slice of cake. Uncover and cover with meringue. With a kitchen blowtorch, lightly brown and serve. Do the same for the remaining mass disks.

18º edição do desafio Sweet World, dos blogs Lemon & Vanilla e Basta Cheio - "Baked Alaska"

quarta-feira, 19 de julho de 2017

Salada com carne temperada / Salad with meat


scroll down for english version

SALADA COM CARNE TEMPERADA

Da minha “necessidade” de cortar alguns hidratos de carbono, a par da necessidade de refeições rápidas e frescas, surgiu mais esta salada, algo agridoce, que serviu de refeição para um destes almoços.


Ingredientes:
- alface
- tomate
- pepino
- cebola
- azeitonas
- ameixas frescas
- carne de porco limpa de gorduras
- sumo de limão
- azeite
- vinagre
- sal
- aroma de baunilha
- tempero para carnes (usei este caseiro)

Corte a carne em tiras e envolva-as no tempero de carnes, sumo de limão e um pouco de azeite (muito pouco). Deixe repousar pelo menos 30 minutos, de preferência. Depois desse tempo, aqueça uma frigideira e salteie a carne.
Para o vinagrete, misture 3 medidas de azeite com uma medida de vinagre, tempere com uma pitada de sal e um pouco de aroma de baunilha. Mexa bem.
Corte a alface em tiras, o tomate e a cebola em rodelas, o pepino em cubos e as ameixas em quartos.
Coloque todos os ingredientes num recipiente e tempere com o vinagrete.

english recipe

SALAD WITH MEAT



Ingredients:
- lettuce
- tomato
- cucumber
- onion
- olives
- fresh plums
- fat-free pork
- lemon juice
- olive oil
- vinegar
- salt
- vanilla flavor
- seasoning for meats (I used this homemade)

Cut the meat into strips and mix them with the seasoning, lemon juice and a little olive oil (very little). Let stand at least 30 minutes, preferably. After that time, heat a frying pan and sauté the meat.
For the vinaigrette, mix 3 measures of olive oil with a measure of vinegar, season with a pinch of salt and a little vanilla aroma. Shake well.
Cut lettuce into strips, diced tomatoes and onions, diced cucumbers and plums into quarters.
Put all the ingredients in a bowl and season with the vinaigrette.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...